09 setembro 2013

Conto: Efeitos do Destino- Parte 6

VEJA AS OUTRAS PARTES AQUI.
- Ei gatinha.- me pegou pela cintura e deu um beijo suave no meu rosto.
- Gatinha? Por onde você andou?- falei sério me esquivando para trás a fim de sair do seu abraço.
- Por aqui mesmo. Faltei na aula para dormir, esse fim de semana foi corrido e caso queira saber eu estou bem. – ele riu, mas estava frustrado pelo meu desinteresse.
- Que bom.
- Ahhh, por favor, não esqueceu a briga ainda?
- Não. Não gosto quando você exagera na bebida e você faz questão de encher a cara sempre que pode.
- Eu já te disse que faço o máximo para parar e... Vem cá, esquece isso. - Deu mais um beijo e antes que eu caísse nos seus charmes, empurrei-o para trás:
- Tem gente vendo.
- E daí?
- E daí que eu sou uma pessoa discreta.
- Claro- vi um sorriso nascer no rosto dele e o repreendi com o olhar, ele pegou minha mão e me levou até o carro. Fez que ia abrir a porta e antes que ele o fizesse me joguei dentro do mesmo. Ele revirou os olhos e deu a volta no carro entrando em seguida:
- Você precisa melhorar o romantismo, querida.
- Ok, anotado. Por que veio me buscar de carro? Poderíamos ir andando...
- Estou cansado e odeio andar. E você vai almoçar em casa hoje, é mais longe.
- Quem disse isso? Vou para a minha casa e... Pensando bem, vamos para a sua. Minha mãe está impossível hoje e sabe como é.
- Sogrinha, sogrinha. – ele iria fazer alguma piada sobre minha mãe, mas eu mudei de assunto na hora e a caminho da mansão ele me contou sobre o tratamento do pai e como estava sendo doloroso ver o velho William naquele estado. Vi seus olhos brilharem com as lágrimas que vinham sem aviso prévio:
- Ele vai sair dessa. – dei um sorrisinho, mas não ajudou muito.
- É. Amor, o Federico disse alguma coisa sobre uma festa, não dei muita bola. Sobre o que é?
- Ah, lembrei. Festa para o Ensino Médio, na Old Fire. Não me pergunte quem organizou ou como será o esquema, pergunte a Jennifer. –mostrei a língua em uma careta.
- A anfitriã com ciúmes, hein. Nada como uma farra pra esquecer os problemas. – seu riso contou todos seus planos para o fim de semana e eu interrompi:
- Não sei se é uma boa ideia. Seu pai não está bem...
- Relaxa, não vou me embriagar. Prometo. – não que acreditasse, mas ele tirou a mão do volante e pegou a minha beijando-a e isso me amoleceu.
- É que eu... Ok. – uma festa seria imprópria para aquele momento, mas eu não queria brigar novamente. Olhei em frente, estávamos na entrada da propriedade. Russell e não importava se era a milésima vez que eu passava pelo enorme portão mais antigo que minha bisavó e avistava a mansão no horizonte, eu sempre ficava boquiaberta me perguntando o motivo de eu estar no meio daquela família se éramos tão diferentes em todos os aspectos existentes. Logo Andrew parou o carro, saiu e ficou me olhando pelo vidro antes de fazer sinal para que eu saísse. Fui ao seu encontro e ele estava me encarando:
- O que foi menino?
- Antes que você fale que eu não avisei, minha mãe está por aí.
- Oi? Você está brincando? Por que não falou antes? Andrew, eu vou te matar. -Se tinha uma pessoa nesse mundo que me irritava pelo simples fato de estar ao meu lado era a arrogante da senhora. Cameron e aposto que era recíproco. Ela não me suportava também e pagaria quanto fosse necessário para me ver longe do seu filho. 
- Só ouvi “blá blá blá”, para com essa mania de implicância com a minha mãe.
- Como se fosse só eu. – deixei claro que estava de pouco caso.
- Hoje não, vamos descansar. Está com fome?- como se eu não vivesse com fome, ai ai.
Entramos pela porta principal e passamos pelo hall decorado com peças que valiam minha casa inteira, o jardim e meu cachorro. 
- Já volto, me espere aqui. – não pude nem impedi-lo, ele já subira a escada como o The Flash.
Olhei ao redor, a sala era escura e vazia, mas cada pequeno detalhe dela significava algo, o que se dava pelo fato da matriarca ser decoradora nas horas vagas, ou seja, todas as horas. Isso que dá viver à custa do marido. O resto da casa era surreal e minimalista e cada cômodo trazia uma sensação diferente e estranha. Jurava por Deus que tinha fantasmas naquele lugar e que qualquer dia iria me deparar com um deles sentado na mesa de jantar que quebraria se esbarrassem sem cautela. Os móveis eram vintage, baboseira de ricos, eu os via como velharia.
-... Faça o que pedi, Olivia. Estarei com o celular ligado.
- Mas a senhora não vai ficar para o almoço?
- Não, não. Tenho um compromisso, caso o William acorde deixe todos os afazeres e atenda a suas necessidades. Ele está esgotado e... Olá, Lauren. – o diabo em pessoa tinha aparecido do nada e eu corei no instante em que ouvi sua voz se aproximando, mais ainda quando ela se dirigiu a mim.
- Boa tarde, senhora. – cadê o Andrew nessas horas?

Continua.

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. "- Estou cansado e odeio andar." Vamos ali nos casar Andrew u.u Velhas malignas ♥ Sinto que elas vão brigar u.u aguardando ... kkk Aguardando a publicação em livro também . "- Você precisa melhorar o romantismo, querida.- Ok, anotado" tão eu u.u porque é a vida kkkk Beijos irmã ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto que você tá apaixonada pelo And u_u tenho ciúmes ok kkkkkkkkkk Aguardando você parar de me iludir em 3,2,1 kkkkk

      Excluir
    2. Se eu quiser ,eu pego ele pra mim , ok ? Ok U_U kkkkkkkkkkk

      Excluir
  2. haha
    OMG OMG Ansiosa para festa e com certeza essas duas vão se matar!
    Amei amei o dialogo e a história, você tem um dom incrível para escrever u.u

    Odeio ficar na expectativa da 'continuação' u.u a vida não é nada justa!

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hauahauahua eu também acho lalalala Obrigada pelo elogio e fico muito feliz por ter gostado, espero que acompanhe os capítulos <3

      Excluir
  3. Esses continua me mata kkk
    a curiosidade é muito grande ^^

    Amei e espero os próximos capítulos!

    beijinhos ♥
    jessicaestilosinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hauahuahua ai gente, fico querendo postar tudo de uma vez quando vocês falam assim :(

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Alterações: Franciele Honorata | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©