08 agosto 2013

Não são só cheiros, são lembranças.

Não importa o dia, acordar cedo é sempre um saco. Como eu  tinha um compromisso pela manhã, saí da cama com o maior sacrifício e tomei um banho gelado, pois segundo minha dermatologista, faz bem para a pele. Cantarolei uma música do Beatles "good day sunshine, good day sunshine" e ao sair fiz um coque no cabelo, escolhi uma roupa que dissesse "sou uma séria descontraída" e sentei na penteadeira para me maquiar. Caprichei no rímel e no batom rosê, escolhi um par de brincos discretos e vi que eu tinha exatamente vinte minutos para sair de casa se eu não quisesse me atrasar. Peguei minha bolsa e o celular, mas ainda faltava algo e comecei a procurar por um perfume que fosse a cara do outono, mas só encontrei uma colônia de embalagem azul clara que dizia "Fleur" de alguma coisa, a coitadinha já estava no fim e eu nem me lembrava de sua existência, mas ao passar recordei exatamente a hora, o momento e o porquê dela estar ali... De repente mil e uma lembranças vieram a tona e uma borrifada me levou até o penúltimo natal quando abri uma caixinha dourada acompanhada de um cartão clichê escrito "bom dia, flor do dia" em letras muito bem desenhadas, mal sabia que era só mais o começo de uma despedida. Se naquele dia eu estivesse menos ocupada com os preparativos da ceia ou até mesmo menos ocupada com minha vida, talvez não existisse um "adeus" barato embalado de "Fleur". Engraçado como cheiros acordam o passado e lembranças remotas, não é? Já dizia minha mãe que aromas trazem nostalgia e de tudo o que ela costuma repetir, essa foi a única frase que guardei. Sempre que passamos por um lugar e sentimos um cheiro familiar, logo nos recordamos de uma certa situação ou de um certo alguém. Um encontro marcado pela chuva que ensopou os dois e deixou a grama molhada, ou o cheiro da companhia que era um perfume amadeirado entrando no clima daquela tarde, quem nunca? Nada como cheiro de comida da mãe e bolo da avó que nos remetem a infância. Ah, a infância... Já se passaram tantos anos e eu ainda lembro da areia de praia que meus pais frequentavam, da maresia que batia no rosto e voltava para o mar trazendo e levando paz, do protetor solar mal passado nas costas. Do parquinho da escola onde tinha uma amoreira, das flores do ipê roxo que só floresceu uma vez em quinze anos, da pasta de dente sabor morango, do leite quente com mel quando eu ficava gripada. São infinitos cheiros, tem o da adolescência e amor proibido, do ensino médio e descobertas daquela fase, do perfume exagerado do sábado a noite, de livros velhos, roupa nova , naftalina e domingo a tarde com a família. Cheiro de campo que  dá aquela vontade de fugir da cidade barulhenta... Mas pensando bem, cheiro de cidade também agrada. Sortudos mesmo são os que têm um ótimo olfato, pois cheiro de memória é um dos maiores prazeres. Claro que existem outros, como sentir um carinho, viajar, ganhar algo, conhecer uma nova paixonite, entrar em uma encrenca, chegar em casa depois de um dia cansativo. No entanto, se não fossem os aromas, de que forma nos lembraríamos de tudo isso? De que forma nos lembraríamos de um amor que fora tão sincero e conseguiu personificar um perfume parisiense? Respirei fundo mesmo não sendo a melhor ideia no momento, voltei daquela dimensão nostálgica para o presente e ah, hoje com certeza iria chegar atrasada. Saí do apartamento exalando saudade e com um sorriso amarelo de quem acabara de sair de uma máquina do tempo secreta. Ah, as lembranças...

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. É legal porque li o texto imaginando cada cena. Sempre da casa das minhas avós, de alguns cheiros que gostava de sentir... e por falar em perfume, lembro que tinha uma professora na 5ª série que tinha um cheirinho muito bom... esses dias eu achei um perfume que é o mesmo cheiro! Se não for, é muito parecido. Fiquei feliz, cheirosa e com saudades da minha professora! hahaha
    adorei o texto. Beijos, Fran!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu que fui escrevendo e ficando com um aperto no coração ao lembrar de tudo ahauhauah :3 Eu tinha uma professora que usava um perfume tão doce, mais tão doce, que eu fico enjoada só de lembrar, kkkk ela era bem velhinha e tinha cheiro doce de velhinha ahuaha.

      Excluir
  2. Ai meu coração~imagine o meme u.u ~... Lembrei de muitos cheiros, até saiu umas duas lagrimas dos meus olhos(drama básico,porém é verdade kk) . Parabéns dona Franciele Honorata, me deixou emocionado como sempre haah Amo ler o que você escreve. Agora vem aqui e vamos sair cheirando a cidade e lembrar de cada dia que já vivemos haha. Não me lembro do cheiro do mar, ao certo, e como sou muito legal, nada como mandar mensagens pra as amigas, na madrugada perguntando como é kkkk Beijos linda <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKK e eu imaginei mesmo uuuh *o* Você não tá nessa de drama sozinha, também tive uma sessão tristeza quando estava escrevendo o texto, como faz, né? KKKK CARA EU AMOOOO SEUS COMENTÁRIOS HAUAHUAH me deixam tão bem e eu fico me sentindo a Clarice Lispector kkkk coitada de mim :(

      Excluir
  3. Amei o testo, principalmente o título!!
    Mil beijus www.nossomosmoda.blogspot.com

    FB, caso queira trocar comentários todos dias me avisa lá no blog, Mil beijus!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, o título foi mudado umas 5 vezes até chegar nesse kkk <3 Vamos trocar sim, visito sempre teu blog rs ><

      Excluir
  4. Perfeito, você me fez refleti sobre uma coisa que eu nunca tinha reparado que são os cheiros. Agora que li parei para pensar são tantos não é mesmo? FB
    Mamaenumdeixa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São sim e cada um tem sua lembrança rs <3

      Excluir
  5. Concordo com tudo, inclusive que acordar cedo é sempre um saco independente do dia. Tem cheiros que nos leva um período da vida e outros que nos leva a um dia exato. Adoro cheiros.

    ResponderExcluir
  6. Que lindo, o texto a maneira engraçada e diferente que você descreveu os cheiros! São realmente a maior "fonte" de lembranças.
    bjos FB
    http://fanaticaporpalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, eu escrevo todos os textos assim meio engraçadinhos, não sei ser séria ahaahuahua :3

      Excluir
  7. Lindo texto,acordar cedo ahhhh odeio rsrsrs
    bjss

    FB

    http://tudojuntoedecorado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Alterações: Franciele Honorata | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©